(Caption/YouTube)

Exoesqueleto da empresa israelense ReWalk, é aprovado pelo FDA, órgão do governo dos Estados Unidos, responsável pelo controle de alimentos e medicamentos. O exoesqueleto ReStore, será vendido inicialmente por 28.900 dólares e haverá também opções de financiamento.

Por JNS

Versão em português, Unidos com Israel

A empesa israelense ReWalk, é mundialmente conhecida pelo seu exoesqueleto “ReStore”, o aparelho permite que deficientes físicos voltem a andar. Recentemente, o exoesqueleto recebeu a aprovação do órgão do governo americano responsável pelo controle de alimentos e medicamento, o FDA, e poderá começar a ser vendido.

Em nota, Larry Jasisnski, CEO da ReWalk Robotics, disse: “Este produto revolucionário terá um impacto imediato, e mudará a vida de pessoas com lesões na espinha dorsal. Pela primeira vez, pacientes paraplégicos poderão levar para casa esta tecnologia, um exoesqueleto. Através do uso diário, os pacientes alcançarão os benefícios fisiológicos e psicológicos que observamos em nossos ensaios clínicos. Este é o verdadeiro começo da ReWalk nos Estados Unidos.”

O exoesqueleto ReWalk, foi desenvolvido por Amit Goffer, um pesquisador israelense que ficou tetraplégico depois de sofrer um acidente de quadriciclo.

A empresa ReWalk, oferece o exoesqueleto em duas versões, o ReWalk Personal e o ReWalk Reabilitation. O primeiro foi desenvolvido para o uso diário e particular de paciente tetraplégicos, o segundo é especialmente desenvolvido para ser usado em clínicas de reabilitação.

“As pessoas movimentam e andam com o exoesqueleto, não é o aparelho que as movimenta. O controle está nas mãos dos usuários, quando eles desejarem sentar eles sentam e quando desejarem andar, poderão fazê-lo” disse Amit Goffer, criador do ReWalk.

Segundo a empresa ReWalk, o exoesqueleto será vendido inicialmente por 28.900 doláres. Para garantir a acessibilidade do produto, clientes poderão adquirir o exoesqueleto através de um leasing, uma locação financeira bem popular nos Estados Unidos.

Na semana passada, o exoesqueleto foi aprovado também pela União Européia. Tendo recebido o selo CE, o ReWalk poderá ser vendido em todo o território da EU.