(AP/Sebastian Scheiner) (AP/Sebastian Scheiner)

Related:

Uma multidão compareceu ao enterro de Rina Shnerb, uma jovem israelense de 17 anos que morreu vítima de terroristas.

Unidos com Israel

Na sexta-feira, por volta das 10 horas da manhã, uma bomba explodiu próximo a uma piscina natural na região de Mateh Binyamin na Cisjordânia.

Segundo investigações das forças de segurança de Israel, a bomba de fabricação caseira, havia sido colocada no local por terroristas palestinos.

O atentado tirou a vida de Rina Shnerb, uma jovem israelense de apenas 17 anos que visitava a piscina natural “Dani” com seu pai Eytan e seu irmão Dvir. Ambos ficaram gravemente feridos no atentado e estão internados no Centro de Tratamento Intensivo do hospital Hadassa Ein Karem em Jerusalém.

Ainda na sexta-feira, uma multidão compareceu ao cemitério da cidade de Lod para o enterro de Rina Shnerb Z”L. Segundo a tradição judaica, o enterro de um ente querido deve acontecer o mais rápido possível.

Pelo telefone, ainda da cama do hospital, o pai de Rina acompanhou o funeral e disse: “Nós tentaremos ser fortes, nos fortaleceremos através da Torá e da terra de Israel. Rina também acreditava nisso. Dói muito e nós rezamos para que isso não volte a acontecer, com a ajuda de Deus nós venceremos”.