Ministro das Relações Exteriores da Índia, Dr. Subrahmanyan Jaishankar, em Jerusalém (External Affairs Ministry of India) Ministro das Relações Exteriores da Índia, Dr. Subrahmanyan Jaishankar, em Jerusalém (External Affairs Ministry of India)

De acordo com o Ministro das Relações Exteriores da Índia, Dr. Subrahmanyan Jaishankar, o país asiático prevê crescimento econômico de 9% este ano.


Por David Aghiarian, Unidos com Israel

Tel Aviv, 17/10/2021

 

Em uma visita de três dias a Israel o Ministro das Relações Exteriores da Índia, Dr. Subrahmanyan Jaishankar, participou neste domingo (17), de um encontro com empresários indianos e israelenses em um hotel de Jerusalém.

“Nós enxergamos Israel como o mais leal e inovador de nossos aliados”, disse Jaishankar que se reunirá nesta segunda-feira com o chanceler israelense Yair Lapid.

O ministro das relações exteriores indiano disse que após a crise internacional provocada pela pandemia do coronavírus, seu país está em um processo de reabertura econômica e espera um crescimento de 9% em 2021, o maior já registrado.

De acordo com o FMI, o crescimento econômico da Índia em 2021 pode chegar a 9.5%.

Jaishankar disse ainda que uma série de reformas implementadas nos últimos anos pelo governo da Índia diminuíram a burocracia, transformaram o país em uma peça-chave no cenário internacional e aumentaram seu poder competitivo.

A Índia é hoje um doa maiores parceiros econômicos de Israel e as relações comerciais entre os dois países este ano já atingiu a marca de 5 bilhões de dólares. Isto, sem contar os investimentos no setor de defesa.

“O nível de confiança entre nós é muito alto”, disse o chanceler indiano que optou, durante sua visita a Israel, por focar no desenvolvimento das relações comerciais entre os dois países.

Por haver se encontrado com empresários antes de reunir-se com membros do governo israelense o Ministro das Relações Exteriores da Índia disse que queria que sua visita começasse com o “tachlis”, palavra usada em Israel para descrever a ação de “ir direto ao ponto”.

A visita do chanceler indiano a Israel coincide com a realização do exercício militar “Blue Flag”. Organizado pela força aérea israelense, o exercício reúne equipes e aeronaves das forças aéreas da Índia, França, Estados Unidos, Grécia, Alemanha, Itália e Reino Unido.