Ilustração: Raz Hershko (Caption/Youtube) Ilustração: Raz Hershko (Caption/Youtube)

De virada é mais gostoso: apesar de começar perdendo, equipe mista de judô israelense vence a Rússia por 4 a 1 e conquista a medalha de bronze nas Olimpíadas de Tóquio.


Por Unidos com Israel

Tel Aviv, 31/07/2021

 

Israel conquistou a sua segunda medalha de bronze nas Olimpíadas de Tóquio neste sábado (31), quando a equipe mista de judocas israelenses venceu o time da Rússia por 4 a 1.

O caminho até a medalha de bronze não começou bem e na primeira das 5 lutas a serem disputadas, a judoca Gili Sharir perdeu para a russa Madina Taimazova. Apesar do tropeço, a equipe israelense deu a volta por cima, que começou com a vitória do campeão mundial de judô Sagi Muki sobre o atleta russo Mikhail Igolnikov.

 

 

Com o placar empatado, os atletas israelenses Raz Hershko, Peter Palchik e Timna Nelson Levy fizeram bonito e venceram as suas lutas contra os judocas russos e fechando o placar em 4 a 1.

Muito criticados por não haver conquistado medalhas no individual, os atletas israelenses comemoraram muito a vitória de bronze. Isto, depois de haver perdido a semifinal para a campeã França por 4 a 3.

“Eu estou sem voz, gritei o dia inteiro. Nós somos uma equipe, um minuto você está do lado de fora do tatame torcendo e no outro está lutando. Não foi fácil, desde o início batalhamos, entregamos nossas almas”, disse o judoca Sagi Muki em entrevista para a rede de televisão Kan.

“Esta vitória foi muito importante para todo o Estado de Israel e para as próximas gerações, que sonham com o sucesso nos esportes e estabelecem metas. Graças ao nosso espírito de luta e coração, pudemos realizar nossos sonhos”, disse o israelense Petel Palchik que venceu o russo Tamerlan Bashaev. ‘