Arquivo (Foto; IDF) Arquivo (Foto; IDF)

Após anúncio de Donald Trump, Benjamin Netanyahu chamou de “histórico” o dia em que Israel e os Emirados Árabes assinaram um acordo de Paz.


Por David Aghiarian, Unidos com Israel

Tel Aviv, 13/08/2020

 

Há 41 anos, Israel e o Egito assinavam um acordo de Paz. Há 21 anos, a Jordânia fez o mesmo e reconheceu o Estado Judeu. Hoje, 13 de agosto de 2020, foi a vez dos Emirados Árabes Unidos se tornarem o terceiro país árabe a assinar um acordo de paz  e a normalizar as relações diplomáticas com o Estado de Israel. Tudo foi acertado através de uma ligação telefônica entre Donald Trump, Benjamin Netranyahu e o Xeque Mohammed Bin Zayed, príncipe herdeiro de Abu Dhabi.

Pelo Twitter, no melhor estilo Donald Trump, assim foi anunciado o acordo entre as duas nações. “Um imenso avanço hoje. Um acordo de paz foi firmado entre nossos grandes amigos, Israel e os Emirados Árabes”, escreveu o presidente americano nas redes sociais.

 

Minutos depois do anúncio de Donald Trump, foi a vez de Benjamin Netanyahu usar as redes sociais. “Um dia histórico para ao Estado de Israel”, escreveu o Primeiro-ministro antes de informar que às 20h (horário local), fará um pronunciamento à nação.

 

 

Send Passover Packages to Needy Israeli Soldiers - Bring Them Joy!

We are honored to thank the young men and women of the IDF who risk their lives every day to protect the citizens of Israel. Since October 7th, soldiers have been on the battlefield for months - many are hoping to come home for Passover.

Join us in sending Passover food packages (and personal notes) to Israeli soldiers and their families.

Many soldiers spend the Passover holiday with needy families back home. The soldiers greatly appreciate your love and concern. Bring them Passover joy!

CLICK HERE TO SEND YOUR PACKAGE AND NOTE TO ISRAELI SOLDIERS!

Donate to Israel