Naftali Bennett será o primeiro judeu ortodoxo a ocupar o cargo de Primeiro-ministro de Israel.


Por David Aghiarian, Unidos com Israel

Tel Aviv, 07/06/2021

 

A sessão parlamentar que irá ratificar e dar posse ao novo governo de Israel foi marcada para o próximo domingo. Isto, por determinação de Yariv Levin, atual Presidente do Knesset, nome dado ao parlamento israelense.

Levin que é membro do partido Likud e aliado de Benjamin Netanyahu deverá deixar o cargo que ocupa desde o ano passado pois no mesmo dia acontecerá também a eleição do novo Presidente do Knesset. Ao que tudo indica, a casa será comandada pelo parlamentar Michael (Mickey) Levy do partido Yesh Atid.

Ao assumir o cargo de Primeiro-ministro de Israel, Naftali Bennett colocará um fim aos 12 anos de governo de Benjamin Netanyahu. Bennett é o líder do partido de direita “Yemina” e será o primeiro judeu ortodoxo a ocupar o cargo de premier israelense.

De acordo com o acordo de coalizão firmado entre os partidos Yemina e Yesh Atid o cargo de Primeiro-ministro de Israel será ocupado por Naftali Bennett por um período de dois anos. Em seguida e pelo restante do mandato de 4 anos do novo governo, Yair Lapid será o premier israelense.

Lapid é o atual líder da oposição e do partido de centro-esquerda Yesh Atid. Durante a primeira metade do novo governo ele ocupará os cargos de vice-premier e Ministro das Relações Exteriores.

Ainda segundo o acordo de coalizão, tanto Naftali Bennett como Yair Lapid terão poder de veto sobre as decisões do governo. Assim durante os próximos 4 anos em Israel, não há de se esperar mudanças trágicas nem favoráveis à ideologia da direita quanto da esquerda. Pelo menos por enquanto, o status quo será mantido.

Além do Yesh Atod e Yemina outros 6 partidos irão compor o próximo governo israelense. São eles os partidos de direita Tikvá Chadashá e Israel Beiteinu, o partido de centro Kachol Lavan, os de esquerda Avodá e Meretz e o partido árabe islâmico Ra’am.