Presidente Donald Trump. (AP /Manuel Balce Ceneta) (AP /Manuel Balce Ceneta)

Declaração de Donald Trump foi dada após encontro com o filho do Emir do Kuwait, Sheik Sabah al-Ahmed al-Jaber al-Sabah.


Por Unidos com Israel

Tel Aviv, 21/09/2020

 

Na última sexta-feira (19), o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que à exemplo dos Bahrein e dos Emirados Árabes Unidos, o Kuwait pode “em breve”, normalizar suas relações diplomáticas com o Estado de Israel.

A declaração de Donald Trump foi feita durante uma coletiva de imprensa na Casa Branca. Minutos antes, ele concedeu ao Emir do Kuwait a medalha Legião do Mérito, uma condecoração militar dada pelas forças dos Estados Unidos a pessoas que tiverem conduta excepcionalmente meritória. Na cerimônia, o Emir de 91 anos foi representado pelo seu filho mais velho, Sheik Nasser Sabah al-Ahmed al-Sabah.

Segundo Donald Trump, o governo do Kuwait “está muito entusiasmado com o que está acontecendo no Oriente Médio”.  “Eles estão muito animados com a decisão tomada pelos dois primeiros países de assinar (o acordo de paz com Israel) e eu acho que muito em breve eles farão parte disso”, disse o presidente americano.

O Presidente dos Estados Unidos acrescentou que “ninguém achou que isso aconteceria tão rápido”, mas segundo ele, há “7 ou 8 países” dispostos a normalizar suas relações com o Estado de Israel. Estima-se que além do Kuwait, Omã, Sudão e o Marrocos, estejam na lista de países árabes prontos a reconhecer o Estado de Israel e assim, normalizar suas relações com Jerusalém.