Arten Dolgopyat conquista o primeiro ouro olímpico de Israel nas Olimpíadas de Tóquio (Caption/Youtube) Arten Dolgopyat conquista o primeiro ouro olímpico de Israel nas Olimpíadas de Tóquio (Caption/Youtube)

Prata nos mundiais de 2017 e 2019, Arten Dolgopyat conquistou a segunda medalha de ouro olímpica da história do Estado de Israel.


Por Unidos com Israel

Tel Aviv, 01/08/2021

 

Em um dia cheio de finais, o ginasta israelense Arten Dolgopyat entrou para a história ao conquistar a primeira medalha de ouro do Estado de Israel em Tóquio e o segundo título olímpico do país.

Medalha de prata nos campeonatos mundiais de ginástica de 2017 e 2019, Dolgopyat conquistou a medalha de ouro olímpica no solo masculino ao obter 14.933 pontos, a mesma nota que o espanhol Rayderley Zapata. Foi o critério de desempate, dificuldade, aquele que garantiu a vitória do israelense sobre seu adversário por 6,6 a 6,5.

“Eu não tenho palavras, estou no paraíso. Eu gostaria de agradecer a todos que me apoiaram e dizer que os amo”, disse Dolgopyat para repórteres depois do anúncio do resultado.

Apesar de haver vencido a competição, o ginasta israelense disse que não foi bem na final e que por isso havia ficado muito estressado e apreensivo.  Segundo ele, sua apresentação na fase eliminatória foi “mehor”.

“Eu achei que minha performance não havia sido boa o suficiente para uma medalha, mas todos ficaram nervosos, cometeram erros e acabei conseguindo vencer. Estou estou muito feliz”, disse ele.

Nascido na Ucrânia, Arten Dolgopyat começou a treinar ginastica olímpica aos 6 anos de idade. Em 2019, sua família imigrou para o Estado de Israel e fixou residência em Tel Aviv. Na cidade, o atleta afiliou-se ao Macabbi e se tornou uma das estrelas do clube.

Além das medalhas de prata nos mundiais de 2017 e 2019, Dolgopyat conquistou a medalha de ouro no solo masculino durante o campeonato europeu de ginástica de 2010 na Turquia. Na mesma competição, ele ficou com a prata no salto masculino.

Ao saber da vitória de Arten Dolgopyat o Primeiro-ministro de Israel, Naftali Bennett interrompeu a reunião ministerial semanal de seu governo e telefonou para o atleta israelense.

“Arten, parabéns! Você entrou para a história e nos representou com muita honra. Em nome do governo e cidadãos de Israel eu gostaria de dizer que estamos todos muito orgulhosos e esperamos ansiosamente a sua volta para podermos celebrar”, disse Bennett através de um post nas redes sociais.

Além da medalha de ouro no solo masculino, Israel conquistou o bronze nas no judô (equipe mista) e no taekwondo feminino com a atleta Avishag Samberg.