Governo de Israel aprova acordo de paz com o Marrocos (foto: Haim Zach, GPO) Governo de Israel aprova acordo de paz com o Marrocos (foto: Haim Zach, GPO)

Aprovado por unanimidade pelo governo, acordo com o Marrocos será submetido agora ao Knesset, o Parlamento do Estado de Israel.


Por David Aghiarian, Unidos com Israel

Tel Aviv, 24/01/2021

 

Os ministros que compõe o governo israelense, entre eles o Primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, ratificaram neste domingo (24), o acordo de paz e normalização das relações entre o Estado de Israel e o Reino do Marrocos. Aprovado por unanimidade, o texto agora será submetido ao Knesset.

O Marrocos foi o quarto país árabe a concordar em seu unir aos Acordos de Abraão. Arquitetados pelo ex-Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, esta série de tratados normalizou as relações entre Israel, Emirados Árabes, Bahrein e o Sudão. Além claro do Marrocos.

Em 1995, Israel e o Marrocos já haviam decido normalizar suas relações diplomáticas, mas no ano 2000, em função da Segunda Intifada, o país africano rompeu seus laços com Jerusalém.

Hoje, durante a reunião ministerial que ratificou o tratado, o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu saudou o monarca do Marrocos, Rei Mohammed VI e chamou este de “um momento histórico após 4 acordos de paz entre nações árabes muçulmanas” e Israel.

Em dezembro do ano passado uma delegação israelense viajou ao Marrocos e acompanhada por integrantes da Casa Branca, assinou 4 acordos bilaterais entre Jerusalém e Rahat. Hoje, Netanyahu disse que mais estão por vir.

“Serão concluídos em breve, acordos na área econômica, comercial, de cooperação tecnológica e que estabelecerão missões diplomáticas nos dois países” afirmou.

Netanyahu aproveitou a oportunidade para parabenizar novamente Joe Biden e Kamala Harris por sua eleição para os cargos de Presidente e vice-Presidente dos Estados Unidos. Ele disse esperar trabalhar com os dois para “fortalecer a forte relação entre os Estados Unidos e Israel”.