Equipes médicas seriam as primeiras a receber doses da vacina contra o coronavírus em Israel (Foto: Shutterstock) Equipes médicas seriam as primeiras a receber doses da vacina contra o coronavírus em Israel (Foto: Shutterstock)

Israel se prepara para receber até 500.000 doses da vacina contra o coronavírus desenvolvida pela Pfizer.


Por Unidos com Israel

Tel Aviv, 22/11/2020

 

A rede de notícias israelense N12 divulgou com exclusividade na manhã desta terça-feira (24), que milhares de doses da vacina contra o coronavírus desenvolvida pela empresa Pfizer chegarão a Israel já no próximo mês. Na semana passada, a farmacêutica e sua parceira, BioNTech, tornaram-se os primeiros fabricantes de uma vacina contra o vírus chinês a solicitar a aprovação do medicamento em um requerimento de emergência submetido ao FDA, órgão do governo dos Estados Unidos responsável pelo controle de medicamentos.

Segundo a rede N12, se aprovada pelo FDA, entre 200.000 e 500.000 doses da vacina contra o coronavírus poderão chegar em Israel já em dezembro deste ano, início do inverno no hemisfério norte.

Citando uma fonte anônima do Ministério da Saúde de Israel, a matéria publicada diz ainda que as equipes médicas na linha de frente da luta contra a pandemia da covid-19 serão as primeiras a serem vacinadas. “A pronta chegada de uma grande quantidade de doses da vacina nos ajudará no combate a pandemia já neste inverno”, disse o alto funcionário do Ministério da Saúde de Israel citado pela rede de notícias N12.

Há pouco mais de uma semana, o governo israelense fechou um acordo com a Pfizer para a aquisição de 8 milhões de doses da vacina BNT162b2. Na semana passada outro acordo foi firmado, desta vez entre o Ministério da Saúde de Israel e a farmacêutica britânica AstraZeneca. Este último, prevê a compra de 10 milhões de doses da vacina de Oxford.