Yuli Edelstein, Ministro da Saúde de Israel (caption/youtube) Yuli Edelstein, Ministro da Saúde de Israel (caption/youtube)

De acordo com o Ministro da Saúde de Israel, três pacientes foram diagnosticados com a mutação do coronavírus após viagem ao Reino Unido.


Por David Aghiarian, Unidos com Israel

Tel Aviv, 23/12/2020

 

O Ministro da Saúde de Israel, Yuli Edelstein, confirmou haver descoberto 4 casos da mutação do coronavírus no país. O anúncio foi feito no início da noite desta quarta-feira (23), durante a reunião ministerial do governo israelense.

Descoberta pelas autoridades sanitárias britânicas esta nova cepa do coronavírus, B117, aparenta ser muito mais contagiosa do que a forma do vírus chinês conhecíamos até hoje.

A mutação do coronavírus foi encontrada em 3 israelenses que regressaram do Reino Unido. Isolados em um hotel gerido pela unidade de Defesa Civil do Exército de Defesa de Israel, estes cidadãos cumprem um período de quarentena compulsória.

Ainda de acordo com o ministro, outro israelense que não viajou recentemente para o exterior também foi diagnosticado com a nova versão do coronavírus.

“A mutação já está em Israel. Nós estamos esperando por dezenas de testes genéticos”, disseram funcionários do Ministério da Saúde para a rede de notícias Ynet.

Gestor da pandemia do coronavírus em Israel, o médico Nachman Ash disse que não há motivo para pânico e que mutações do vírus em meio a pandemia eram esperadas.

“Nós esperamos que as vacinas sejam efetivas”, disse Ash.

No último domingo (20), em uma tentativa de conter o avanço do vírus B117, as autoridades locais decidiram pela quarentena compulsória para todos os cidadãos israelenses que regressassem do Reino Unido. Diante desta decisão, voos foram cancelados e cidadãos estrangeiros impedidos de embarcar em Londres com destino a Israel. A partir das 0h desta quinta-feira, todos os israelenses que chegarem ao país serão encaminhados para hotéis, onde deverão cumprir um período de 10 dias de quarentena compulsória.

De acordo com dados divulgados pelo Ministério da Saúde ontem foram diagnosticados no país 3.762 novos casos de coronavírus. Com isso, Israel tem hoje 29.807 casos ativos de covid-19.

Desde o início da pandemia, 384.728 casos do vírus chinês foram descobertos em Israel e confirmados pelas autoridades sanitárias locais. Até agora, infelizmente, 3.141 pessoas faleceram por aqui vítimas da pandemia.