Rabino do IDF carrega uma Torá no Campo de Concentração Aushwitz-Birkenau (Foto: IDF). Rabino do IDF carrega uma Torá no Campo de Concentração Aushwitz-Birkenau (Foto: IDF).

O Kol Nidrei, uma declaração através da qual anulamos promessas e votos feitos durante o ano, é uma das orações mais famosas do Yom Kipur e marca o ínicio do Dia do Perdão.


 

Por Unidos com Israel

Tel Aviv, 27/09/2020

 

Hoje à noite, em todas as sinagogas do mundo a Arca Sagrada será aberta, todos os rolos de Torá serão retirados e os judeus declararão juntos a oração de Kol Nidrei. Há gerações, esta prece com sua tradicional melodia, quiçá a mais famosa dentre todas as outras pronunciadas durante o Dia do Perdão, arranca lágrimas do povo judeu e celebra o início do dia mais importante do calendário judaico.

Veja esta interpretação do Kol Nidrei cantada por um coral do Exército de Defesa de Israel. 

 


Tradução da Prece de Col Nidrê

Todas as promessas, proibições [auto-impostas], juramentos, consagrações, restrições, interdições, ou [quaisquer outras] expressões equivalentes de promessa, que possamos prometer, jurar, dedicar [para uso sagrado], ou proibirmo-nos, desde esse Yom Kipur até o próximo Yom Kipur, que venha a nós para bem, [desde já] nos arrependemos de todos eles; assim sendo estão todos absolvidos, perdoados, cancelados, declarados nulos e sem valor, sem força nem efeito. Que nossas promessas não sejam consideradas promessas; que nossas proibições [auto-impostas] não sejam consideradas proibições; e que nossos juramentos não sejam considerados juramentos.