Arquivo: mulher árabe israelense vota nas eleições para o parlamento de Israel (Miriam Alster/FLASH9) (Miriam Alster/Flash90)

Israel é o lar de aproximadamente 2 milhões de árabes, muçulmanos, beduínos, drusos ou cristãos, que gozam de liberdade e têm deveres cívicos, como qualquer outro membro da sociedade israelense, seja ele judeu ou não.


Por Unidos com Israel

Tel Aviv, 02/02/2022

 

Israel é constantemente apontado por seus inimigos como um país que fere os Direitos Humanos, oprime a população árabe e a submete a um regime de apartheid. Mas contra fatos não há argumentos, isso é uma mentira.

 

Veja a seguir alguns números sobre a população árabe que vive em Israel.

 

21% da sociedade israelense é composta por “árabes” (muçulmanos, cristãos ou drusos);

 

1 juiz do Supremo Tribunal de Israel é árabe;

 

9% dos juízes do sistema judicial israelense são árabes;

 

O capitão da seleção israelense de futebol é árabe;

 

14 parlamentares israelenses são árabes e um partido árabe integra o atual governo de Israel;

 

Mais de 1.500 muçulmanos servem atualmente nas Forças de Defesa de Israel;

 

26% dos estudantes universitários em Israel são árabes;

 

9.5 bilhões de shekels do orçamento do governo de Israel são destinados exclusivamente para o desenvolvimento da comunidade árabe-israelense.