Bennett antes de embarcar em Tel Aviv com destino a Nova Iorque (GPO/Avi Ohayon) Bennett antes de embarcar em Tel Aviv com destino a Nova Iorque (GPO/Avi Ohayon)

Antes de embarcar para Nova Iorque o Primeiro-ministro de Israel se referiu a decisão do congresso dos Estados Unidos de autorizar a destinação de um bilhão de dólares para o reabastecimento do sistema de defesa antiaéreo “Domo de Ferro”.


Por Unidos com Israel

Tel Aviv, 25/09/2021

 

O Primeiro-ministro de Israel, Naftali Bennett, decolou na noite deste sábado, horas após o término do shabat, de Tel Aviv com destino a Nova Iorque onde discursará amanhã pela primeira vez, na Assembleia Geral das Nações Unidas.

Antes de embarcar, ele falou brevemente com jornalistas que o esperavam na pista do aeroporto internacional Ben Gurion.

“Estou partindo para os Estados Unidos onde discursarei na Assembleia Geral das Nações Unidas. Este é um importante no cenário internacional e eu estou muito contente por ter a oportunidade de levar a ele a voz de Israel e seu povo”, disse o premier.

Bennett se referiu ainda brevemente, a decisão do congresso dos Estados Unidos de aprovar um projeto de lei e auxílio a Israel que garantirá o reabastecimento do sistema de defesa antiaéreo Domo de Ferro.

Ao todo, 420 deputados americanos votaram a favor do auxílio a Israel e apenas 9 se opuseram.

“Recentemente tivemos importantes, especialmente a arrebatadora vitória arrebatadora na Câmara dos Deputados dos Estados Unidos. No momento da verdade, vimos os povos os representantes do povo americano apoiando Israel veementemente, por 420 votos a 9, e decidindo pelo reabastecimento da Cúpula de Ferro”, disse ele.

“Há um pequeno grupo anti-Israel que faz muito barulho, mas essas pessoas falharam”, disse Bennett referindo-se ao “esquadrão”, grupo de deputadas democratas radicais formado pelas parlamentares Ilhan Omar, Rashida Tlaib, Ayanna Pressley e Alexandria Ocasio-Cortez.