General Aviv Kochavi, Chefe do Estado-maior das Forças de Defesa de Israel (Dover Tzahal) General Aviv Kochavi, Chefe do Estado-maior das Forças de Defesa de Israel (Dover Tzahal)

Operação “Alvorada”: ataque cirúrgico das Forças de Defesa de Israel matou na Faixa de Gaza o terrorista Taysir al-Jabari, líder do braço armado da Jihad Islâmica Palestina.


Por Unidos com Israel

Jerusalém, 05/08/2022

 

As Forças de Defesa de Israel deflagaram na tarde desta sexta-feira (5) a operação “Alvorada” bombardeando diversos alvos da Jihad Islâmica Palestina na Faixa de Gaza. O objetivo da operação, é garantir a segurança dos moradores da região sul do país que há dias vêm sendo mantidos reféns pelas ameaças do grupo terrorista.

Em um dos ataques desta sexta-feira as Forças de Defesa de Israel, IDF na sigla em inglês, bombardearam cirurgicamente um apartamento no sétimo andar de um prédio na região norte da Faixa de Gaza. O ataque, matou o terrorista Taysir al-Jabari, líder do braço armado da Jihad Islâmica Palestina e sucessor de Baha Abu al-Ata.

 

Taysir al-Jabari.

De acordo com as autoridades israelenses Taysir al-Jabari, além de comandar a Jihad Islâmica Palestina, era responsável pela comunicação entre o grupo e o Hamas.

Além de eliminar o comandante da Jihad Islâmica Palestina logo na abertura da operação “Alvorada” as Forças de Defesa de Israel mataram ainda 12 terroristas do grupo. Estes, preparam-se para retaliar e estavam prestes a lançar foguetes e mísseis contra o território israelense.

A escalada do conflito entre Israel e a Jihad Islâmica Palestina começou no início desta semana, logo após a prisão de Bassam al-Saadi, que comandava as operações do grupo terrorista na Judéia e Samaria. Nesta quinta-feira, a prisão preventiva de Bassam al-Saadi foi prolongada por mais 8 dias.